29 de março de 2012

Linha Vermelha do Destino


De acordo com a lenda, os deuses, assim que uma pessoa nasce, amarram uma linha vermelha (invisível aos olhos humanos) nela, conectando-a a pessoa, à qual, ela estará destinada a estar viver (e amar) no futuro, ou seja, a sua alma gêmea.
"Uma corda vermelha invisível conecta aqueles que estão destinados a se encontrar, independentemente de tempo, lugar ou circunstâncias. A corda pode ser esticada ou emaranhada, mas nunca irá se romper.” - uma antiga crença chinesa.

A lenda da linha vermelha do destino (Red string of fade) aparentemente teve sua origem na China, porém acabou por se expandir, e hoje em dia, incorporou-se ao folclore de outros países do Leste Asiático (como o Japão e a Coreia). Esta lenda é um pouco diferente em cada país, contudo podemos dizer que o contexto básico ainda é o mesmo. A lenda chinesa afirma que os amantes destinados estão interligados por uma corda vermelha amarrada ao tornozelo de ambos, enquanto no Japão o que os conecta é uma linha vermelha (tipo aquelas feitas de algodão) amarrada em um dos dedos mindinhos de cada um dos futuros amantes.
                                                                                   



Há várias versões dessa lenda, mas uma das histórias que envolve a versão chinesa da lenda, consiste basicamente no seguinte: um rapaz estava a caminhar para casa à noite quando ele se encontra com um velho homem, Yue Xia Lao, descansando sobre a luz do luar (acredita-se que Yue Xia Lao é o deus incumbido pelos casamentos). Este então lhe revela que o rapaz está ligado à sua esposa destinada por uma corda vermelha, e então mostra-lhe a rapariga com quem está destinado a se casar. Por ser jovem e não ter interesse em se casar, o rapaz pega uma pedra e atira com força à rapariga, fugindo em seguida para longe. Muitos anos então se passam e o rapaz agora já é um jovem homem, quando seus pais arranjaram um casamento para ele. Na noite de seu casamento, quando ele se foi encontrar com sua esposa que será o quarto deles, ela está lá sentada com um véu tradicional lhe cobrindo a face. O jovem homem já sabia do fato de que sua esposa era conhecida como uma das mais belas mulheres do vilarejo, contudo, está sempre vivia com enfeites na sua sobrancelha. Curioso, ele lhe perguntou o porquê de tal enfeite, e ela lhe respondeu que aquilo era porque, quando ela era jovem, um rapaz atirou-lhe uma pedra, o que causou um corte profundo, deixando-a com uma cicatriz no local. Então, ela usava enfeites na sobrancelha para cobrir a cicatriz. Logo, a mulher nada mais era do a mesma garota que o Deus Yue Xia Lao havia lhe avisado que era sua mulher destinada, ainda na sua infância.

27 de março de 2012

I won't give up on us
Even if the skies get rough
I'm giving you all my love
I'm still looking up
I'm still looking up

26 de março de 2012

Que me faz feliz??

Cair no abismo é uma grande facilidade, deixarmo-nos ir para a tristeza, baixar os braços, adquirir vícios...
Sentimentos que moem que doem fazem ser tudo difícil: respirar, mexer, dormir, andar com um sorriso. O corpo a mente pedem tranquilidade, silêncio para podermos estar em paz mas mesmo assi termos que nos levantarmos todas as manhãs e fingir que o que aconteceu na noite anterior não aconteceu. É termos que encarar um filme de terror na vida real.
Simplesmente é com o que temos que podemos contar. É quem temos ao nosso lado que nos vai aplaudir quando vencermos e quem nos vai levantar quando cairmos são essas pessoas que estarão sempre ao nosso lado e não à nossa frente ou atrás de nós.
O que me faz feliz?!
Saber que amanhã tenho um dia importante e que há alguém que precisa de mim, que precisa de mim bem e que conta comigo para o seu dia ser menos tristonho. Enche-me a alma a sensação de dever cumprido. Faz-me feliz dias compridos, dias de sol, dias de praia. Faz-me feliz chegar a casa e sair para sentir o vento ao andar de bicicleta. Faz-me feliz pôr a música a altos berros e tentar acompanhá-la. Faz-me feliz estar com os meus amigos. Faz-me feliz viver os momentos, relembrar memórias, parar a dor e reviver a felicidade!

23 de março de 2012



And that's the truth my dear...      

Deixa Acontecer!

O mundo pode-te dar razões para chorar mas as pessoas dão-te motivos para sorrir! Há sempre alguém ao nosso lado, há sempre alguém que se preocupa contigo (e por vezes não sabes). Eu sei que nunca vou estar sozinha, embora pensasse que sim e há uma pessoa especial que esteve e sempre estará comigo à qual dou um valor incalculável. És único e pessoas como tu são raras embora ás vezes penses que não e eu tenho que te dar na cabeça! Há relações assim e sinto-me orgulhosa da nossa. Sim é um parvo, sim é um trengo, sim é um parolo mas eu adoro-o porque ele ser exactamente como é. 

20 de março de 2012

Chorando... Sorrindo...

Tears fall
It's just water and salt
Product of our body,
Product of the world
It's a simple reaction...
Of pain, joy or just because we want
Crying is just a feeling that we can't hold inside
And then leave because we could not hold more
Anymore

Some people hide,
Others don't
I want somebody...
But I have my pillow

She listens to me,
Gives me advices,
Makes me think,
And let me cry
With her I don't have to hold

A smile can hide many things
But it helps to overcome

A person with a smile put
Primarily means
That she wants to overcome
To see a rainbow in the end
And prove to the world
"I'm strong"

19 de março de 2012

Tudo o que poderiamos ter sido tu e eu se não fossemos tu e eu


Simplesmente fantástico um livro que me levou a pensar, refletir, desfrutar, rir, pensar e chorar tudo numa história que nos mostra um pedaço de cada face de escrita!
Aconselho e recomendo.

18 de março de 2012

Amor Incondicional

Eis a definição que sempre me deram sempre de amor de pais: um amor incondicional. Mas verdades absolutas não existem e nem toda a gente é igual. Há indivíduos que não dão valor ás pessoas que lhe rodeiam, há pessoas que desprezam aqueles que mais amam. Porquê?
Há pais que não merecem certas coisas, neste caso há pais que não merecem os seus próprios filhos. Porque haveremos de ter descendentes se não é para lhes dar as melhores condições possíveis, se não for para os amar? Há muitas coisas que eu não entendo será por ser inocente será por ser tão burra?
Isto está para além da minha compreensão não vale a pena trazer uma pessoa ao mundo se for para viver no sofrimento ou para pensar que é a pior pessoa à face da terra ou até desejar morrer!
Simplesmente é mau demais, chego a pensar até que é desumanidade...

14 de março de 2012


A verdade é que tenho medo um medo de morte o passado ainda está muito presente no meu dia a dia. Tenho medo de me entregar de cabeça de me aproximar de outra pessoa e por vezes sou a mais parva do mundo. Não sei explicar isto mas o receio de me maguar é brutal... Não sei se consigo admitir mas isso depende da minha coragem e isso depende da relação que tenho com a outra pessoa. Desculpa por ser tão medrosa...

13 de março de 2012

Mensagem

"Nós, homens, não nos importamos se você falar com outro rapaz. Não nos importamos se vocês são amigas de outros rapazes. Mas quando vocês estão sentadas conosco e um rapaz qualquer aparece e tu saia a correr e saltas em cima dele, sem nem ao menos nos apresentar, é, é bastante irritante. E não ajuda se tu o chamares para ele se sentar conosco e ficares a conversar dez minutos com ele sem nem se dar conta do fato de que ainda estamos ali. Não nos importamos se um rapaz te telefona, ou te manda uma mensagem, mas se isso acontece às 2 da manhã, nós incomodamos-nos um pouco sim. Nada de tão importante costuma acontecer às 2 da madrugada que não possa esperar até o amanhecer. Além disso, quando te dissermos que tu és bonita/linda/estonteante/maravilhosa, nós estamos a falar a sério. Não digas que estamos errados. Uma hora vamos parar de tentar te convencer. A coisa mais sexy numa rapariga é confiança. Mas ter confiança não significa ser convencida. Não se irritem quando abrirmos uma porta para ti. Aproveitem e abusem do meu humor. Deixem-nos pagar as coisas para vocês! Não se 'sintam mal', nós gostamos de fazer isso. Não é mais que o esperado. Sorriam e digam 'obrigada'. Nos beijem quando não há ninguém a olhar. Mas, se vocês nos beijarem quando sabem que alguém está a olhar, ficaremos impressionados. Vocês não precisam se arranjarem para nós. Para começar, se formos sair com vocês, vocês não precisam sentir a necessidade de colocar a tua saia mais bonita ou passar todos os tipos de maquilhagem que vocês têm. Gostamos de ti por quem tu és, e não pelo que vocês têm. Sinceramente, eu acho que uma rapariga fica mais bonita de pijama ou com uma camiseta minha e uns calções do que toda embelezada. Não levem tudo o que dissermos a sério. Piadas e brincadeiras são coisas lindas. Tentem ver a beleza delas. Não se irritem tão facilmente. Não fiquem a falar sobre quanto o Chris Brown, o Brad Pitt ou o Taylor Lautner são lindos. É tedioso, e nós não nos importamos. Tens amigas pra isso. E mraparigas, isso é o mais importante: se um rapaz não te está a tratar bem, não espere que ele mude! Dispensa essa vergonha para a população masculina da Terra, e ache alguém que te trate com respeito. Alguém que honre teu código moral. Alguém que te faça sorrir mesmo no teu pior momento. Alguém goste de ti mesmo quando tu erra. Alguém que pare o que está fazendo só pra te olhar nos olhos e sorrir. Dêem uma oportunidade aos rapazes honestos. A vida é curta demais pra ficar a reclamando de tudo que aparece no teu caminho, então pára e cheira as flores da vida, porque tu podes nunca mais ter esta oportunidade. Para e aproveita, porque cada uma é diferente à sua própria maneira. Corre riscos, porque se não der tudo certo, sempre haverão mais flores para se cheirar."
As raparigas do Norte têm belezas perigosas, olhos impossíveis. Têm o ar de quem pertence a si própria. Andam de mãos nas ancas. Olham de frente. Pensam em tudo e dizem tudo o que pensam. Confiam, mas não dão confiança. Acho-as verdadeiras. Acredito nelas. Gosto da vergonha delas, da maneira como coram quando se lhes fala e da maneira como podem puxar de um estalo ou de uma panela, quando se lhes falta ao respeito. São mulheres que possuem, são mulheres que pertencem. As mulheres do Norte deveriam mandar neste país. Têm o ar de que sabem o que estão a fazer.

11 de março de 2012

Sou como um livro. Há quem me interprete pela capa. Há quem me ame apenas por ela. Há quem viaje em mim. Há quem viaje comigo. Há quem não me entenda. Há quem nunca tentou. Há quem sempre me quis ler. Há quem nunca se interessou. Há quem leu e não gostou. Há quem leu e se apaixonou. Há quem apenas procure em mim palavras de consolo. Há quem só perceba teoria e objectividade.

Nosso Precioso Bem

Olha à tua volta e verás que tudo está diferente da altura da tua infância... A nossa espécie que e supostamente racional devia perceber a consequência das suas acções, entender que está a destruir o meio em que vive. As notícias que ouvimos hoje em dia é incêndios que deflagram florestas inteiras, secas em pleno Inverno, temperaturas demasiado elevadas e muito mais e as pessoas nem parecem perguntaram-se o porque disto. Quando irão reparar que estão a matar o único local onde podemos existir? Quando irão entender que ao matar o nosso planeta estão a matar a nós próprios?
O nosso planeta é único, tal como cada um de nós e que devemos tratar igualmente de forma especial como tratamos aquelas pessoas que mais amamos.
Estamos a matar os nossos pulmões, a secar os nosso maior recurso, a diminuir as praias, a aumentar os desertos e a matar especies...

Pergunto-me é quando isto vai parar??

10 de março de 2012

É tão bom rever bons amigos, relembrar memórias rir um bom bocado, pôr a conversa em dia e acima de tudo reviver momentos*

9 de março de 2012

Zona de Conforto

Uma pessoa uma vez disse-me para sair da minha zona de segurança, do meu pequena mundo para poder entender o que me estava a acontecer. A verdade é que apesar de todos os contras eu saí e esbarrei-me com uma realidade que não estava à espera. Por isso recuei e procurei refugiar-me mas mesmo assim entras-te no meu mundo e desmoronaste-o e fiquei sem chão. Esta mesma pessoa que me fez sair da minha casca desde o início, que me fez levantar os pés do chão, à custa disso saí magoada e com o meu mundo devastado.
Agora pergunto-me valerá a pena sair novamente da minha zona de conforto? Valerá a pena abrir-me a alguém para depois me magoarem?
Perguntas às quais só terei resposta no futuro, não sei o que ele me trará mas uma coisa é certa eu irei lutar sempre pela minha felicidade, irei procurar saber sempre mais e irei tornar-me sempre uma pessoa melhor e acima de tudo aprender com os meus erros, pois a partir do momento que deixas de errar deixas de aprender.

7 de março de 2012

Whataya want from me?

Hey, slow it down
Whataya want from me?
Whataya want from me?
Yeah, I'm afraid
Whataya want from me?
Whataya want from me?
There might have been a time
When I would give myself away
Oh, once upon a time
I didn't give a damn
But now here we are
So whataya want from me?
Whataya want from me?
Just don't give up, I'm workin' it out
Please don't give in, I won't let you down
It messed me up, need a second to breathe
Just keep coming around
Hey, whataya want from me?
Whataya want from me?
Whataya want from me?
Yeah, it's plain to see
That baby, you're beautiful
And there's nothing wrong with you
It's me, I'm a freak
But thanks for lovin' me,
Cause you're doing it perfectly
There might have been a time
When I would let you slip away
I wouldn't even try,
But I think you could save my life
Just don't give up, I'm workin' it out
Please don't give in, I won't let you down
It messed me up, need a second to breathe
Just keep coming around
Hey, whataya want from me?
Whataya want from me?
Whataya want from me?
Just don't give up on me
I won't let you down
So,
Just don't give up, I'm working it out
Please don't give in, I won't let you down
It messed me up, need a second to breathe
Just keep coming around
Hey, whataya want from me?
Just don't give up, I'm workin' it out
Please don't give in, I won't let you down
It messed me up, need a second to breathe
Just keep coming around
Hey, whataya want from me?
Whataya want from me?
Whataya want from me?

Esta sou eu e tu quem és?

Eu não sou perfeita, e sou a pessoa mais consciente disso. Por exactamente ser imperfeita queria ser outra pessoa mudar aspectos em mim. Deixar de ser sentimental, confusa, insegura, desastrada e ser confiante, segura, mais fria, saber ignorar. Gostava de ter um corpo perfeito e cabelo sempre fantástico como as famosas nas passerelles, gostava que ao passar na rua não passar por uma rapariguinha mas sim por uma pessoa atraente, gostava de dar bem com toda a gente, de não ter que lidar com as aparências.
Mas depois regresso à Terra...
Não sou confiante em mim mesma, não sou insensível, choro facilmente, não tenho um corpo de sonho. Contudo sou real, esta sou eu, se não fosse assim não era eu. Posso estar rodeada por defeitos as são eles que me definem. Posso ser a pessoa mais madura que conheces num momento e no momento a seguir a mais infantil de sempre. Posso ter boas atitudes e atitudes repreensíveis. Sou um misto de coisas, coisas contraditórias mas eu sou assim sabes?
Posso não ser a melhor pessoa mas orgulho-me de ser assim pois não tenho medo de me mostrar ao Mundo sem uma máscara e ser totalmente eu. E há um facto que temos que admitir ninguém é perfeito.
Sei que não sou melhor que ninguém mas não tenho medo demonstrar o que sinto e ser directa com quem está ao meu lado.

E tu quem és?

6 de março de 2012

Ingenuidade

A ingenuidade depende da idade e dependendo da idade pode ser boa ou má.
Por vezes desejava ser criança para sempre, onde tudo é mais simples, onde toda a gente é sincera e directa. Mantenho essa ingenuidade acreditando que as pessoas são para mim aquilo que sou para elas, mas a aparência predomina e saio mal de tudo isso. Começo sinceramente a pensar em quem posso confiar? Com quem posso contar sempre apesar de tudo? Quero tantas estas respostas, tão desesperadamente!


"O que é dotado de verdadeira virtude tem os seus males por fora, os seus bens por dentro. Pelo contrário, o amigo de glória vã, o hipócrita, o mundano, os seus males estão por dentro, porque são verdadeiros; e os seus bens por fora, porque são imaginados, e aparentes.
Entre todas as virtudes somente a humildade se ignora a si mesma: como traz os olhos baixos, e fitos no abismo do seu nada, não reflecte sobre o seu conhecimento, porque o verdadeiro humilde não presume que o seja."

(Manuel Bernardes, in 'Luz e Calor')

5 de março de 2012

Álcool


Existem muitos vícios neste mundo uns bons outros maus, uns saudáveis outros que criam dependência e cabe a cada um de nós avaliarmos e se queremos envolver-nos por eles ou não.
O que leva a pessoas se refugiarem em álcool para fugirem aos problemas?
De que vale esquecermos de tudo temporariamente se temos que voltar sempre para a realidade e esse voltar é sempre um choque maior? 
Vale a pena esse esquecimento em troca de dores de cabeça enjoo e mal estar?
É assim tão difícil admitir que de facto estão viciado?
Estas pessoas nunca estão sozinhas, mas o facto é que elas apenas se revoltam contra se preocupa realmente com elas. Uma coisa é certa alcoólicos não podem ser tratados até que admitam que estão mesmo doentes, se isto não ocorrer o vício leva à sua morte...
É tão fácil entrar mas é tão complicado sair!
A raiva e a revolta que eles sentem caem em nós e tememos a cura, tememos o amanhã, tememos acima de tudo a recaída (que significa o início de tudo)
Estamos aqui para ajudar, não para prejudicar entende esse facto, não desistas que nós também não!

3 de março de 2012

Amizade?

Amigos, amizade... Palavras tão banais no nosso quotidiano mas já paramos para pensar qual é o verdadeiro significado destes termos? No final de tudo, ao longo da nossa experiência de vida vamos criando as nossas próprias definições. A minha é: amigos são aquelas pessoas que apesar de tudo de todos os acontecimentos, confiam em nós, estão sempre do nosso lado e fazem-nos ver a verdade quando nós próprios não vemos.
Ninguém é obrigado a exprimir sentimentos por outra pessoa que não sentem, de que vale não sermos sinceros com nós próprios e com os outros? Não trará nenhum benefício, apenas o sofrimentos dos outros, a sua dor, a sua desilusão... É um promenor nesta sociedade que não entendo, o porquê de as pessoas terem uma necessidade louca de serem falsas e hipócritas e qual o seu objectivo com isso. As pessoas não olham a meios para atingir os fins, apenas pensam em si mesmas, não tê problemas em empurrar o outro mas porquê? Isto tudo dá um nó ao meu cérebro um dia espero percerber esta sociedade corrupta. 

1 de março de 2012